Se for para começar, que seja do começo! Mas de qualquer forma, considerarei que os leitores já tenham idéia do que seja um projeto, e conseqüentemente sua gerência.

Estou lendo um livro, com o título “Nunca desista de seus sonhos”, de Augusto Cury. Apesar de ser um livro de auto-ajuda, me desculpem os preconceituosos – é um livro bastante interessante, já que trata de sonhos.

Mas o que “SONHO” tem haver com “PROJETOS”? Pois é, simplesmente TUDO! Como os projetos são desenvolvidos? A partir de sonhos, com certeza. O sonho, não o sonho que experimentamos quando estamos dormindo, mas o sonho consciente, o nosso desejo, que nos leva a planejar algumas atividades que nos dará um resultado. Assim, podemos entender um pouco a real motivação de grandes gênios como Graham Bell, Newton, Albert Einstein, entre tantos outros…

Se realmente desejamos realizar este sonho, devemos gerenciá-lo, ou seja, planejar como realizaremos este sonho, e claro identificarmos qual o resultado esperado, quais os riscos de não atingi-lo e o mais importante, quando deveremos reconhecer que o sonho foi finalmente realizado. ISSO É PROJETO.

O tema “Gerenciamento de Projetos” está em evidência nas organizações, mas ainda vemos poucos projetos que realmente estejam alinhados com a estratégia da empresa, ou realmente relevantes, de maneira geral. Sonhar requer criatividade, e vemos pouca criatividade nas organizações, e pior, pouco estimulada. Infelizmente isto não é “privilégio” das organizações, mas sim de nossa sociedade.

Então, vamos SONHAR…