Neste artigo, retornarei ao assunto sobre as novas certificações criadas pelo PMI (Project Management Institute), abordando sobre a certificação “PMI Scheduling Professional” (PMI-SP).

Visando cada vez mais aumentar a credibilidade dos profissionais da área de gerenciamento de projetos, o PMI realizada estudos e pesquisas sobre as tendências e necessidades das organizações em todo o mundo. Assim, no final do ano passado (2007), lançou mais uma credencial para os profissionais com larga experiência na área de cronogramas de projetos.

Esta certificação fornece um “expertise” para os profissionais que trabalham diretamente no planejamento e controle dos cronogramas de projetos e tem como objetivo demonstrar o conhecimento, habilidades e experiência, especialmente nesta área, utilizando técnicas e ferramentas no desenvolvimento e manutenção para gerenciar estes cronogramas.

Para obter a certificação, além da prova com 170 questões, realizadas em 3,5 horas, o profissional deverá satisfazer alguns requisitos. São eles:

  • Para os candidatos com nível superior, demonstrar experiência no mínimo de 3.500 horas nos últimos 5 anos e 30 horas de treinamento formal;
  • Para os candidatos sem formação superior, deverá demonstrar experiência no mínimo de 5.000 horas, também nos últimos 5 anos e 40 horas de treinamento formal;

Seguindo os mesmos padrões de outras certificações do PMI, o PMI-SP também requer que seja renovada a cada ciclo de 3 anos, como a certificação PMP por exemplo. O PMI acredita que estas novas certificações trarão cada vez, maior credibilidade aos profissionais de projetos, e já estuda o lançamento de outras como o Project Risk Management.

Em breve retornarei a este assunto mostrando as demais certificações e tendências das certificações que ainda serão lançadas.